Por Diego Nascimento

Já ouviu essas frases antes? Eu também! São comuns a profissionais, estudantes e até para aqueles que já desfrutam de um descanso mas estão envolvidos nos desafios do cotidiano. Existem diversos livros e artigos com dicas sobre como gerenciar seu tempo em prol da qualidade de vida. Recordo que na minha adolescência as pessoas diziam que a informática facilitaria as tarefas e tudo seria melhor: acho que ainda esperam ansiosos por isso. Pura ilusão!

Após vivenciar a “falta de tempo” e testemunhar o desespero de muita gente com o acúmulo de tarefas cheguei à conclusão de que pedir ajuda e delegar funções são os primeiros passos em busca de uma pré-organização da agenda profissional, acadêmica ou mesmo particular. Reconhecer nossas limitações é o início da cura. Fui um workaholic (viciado em trabalho) e sei como funciona. Foram muitas as crises de abstinência antes de entender a necessidade de equilíbrio. Embora eu tenha avançado significativamente ainda preciso melhorar muito.

A primeira sugestão para “desatolar” é capacitar alguém que possa auxiliar você em momentos de sufoco. Uma pessoa de confiança, que saiba respeitar seus limites e que seja pró-ativa a ponto de trazer refrigério para suas preocupações. O segundo passo é organizar cada item, na escala de urgente, importante, não-urgente e menos importante. Por último, passe a valorizar coisas simples ao seu redor (mesmo que isso implique em desfrutar de um diálogo ao telefone com um amigo ou familiar). Quando ficamos ocupados ao extremo conseguimos afastar as pessoas que mais se importam conosco.

A mente ocupada traz resultados interessantes, mas tudo em excesso é prejudicial e oferece riscos à nossa saúde em muitos aspectos. Encerro sugerindo que faça uma análise cuidadosa sobre o seu TEMPO e, se o desespero for um sentimento prestes a bater à sua porta, siga em frente e peça ajuda! 

2 Responses

  1. Diego, gostaria de agradecer por dividir seus conhecimentos. Seus textos nos enriquecem e aprimoram nossa rotina pessoal e profissional.

Leave a Reply

Your email address will not be published.