:::: MENU ::::

Trabalho: fardo ou oportunidade

Por Diego Nascimento

Na minha infância convidei a leitura para fazer parte do meu cotidiano: desde então diversas publicações já passaram diante de meus olhos. Confesso que hoje tenho enfrentado o desafio de organizar um espaço adequado para armazenar tantos livros; o que gradualmente tenho solucionado após ter investido alguns Reais na compra de um tablet. Nessa maratona de leitura sem fim, encontrei em um tesouro milenar, chamado Bíblia Sagrada, o que considero um dos mais formidáveis livros que abrangem ética, gerenciamento, educação, conduta profissional, empreendedorismo, gestão financeira e outros temas tão discutidos em nossa era.  Provérbios destaca, em exemplos simples e versáteis, situações do cotidiano que necessitam de observação e prática. No artigo de hoje, chamo a atenção para o capítulo 3, versículo 21:“… guarde consigo a sensatez e o equilíbrio, nunca os perca de vista; trarão vida a você”. Na perspectiva gerencial, creio que seja uma das recomendações mais antigas e sábias já registradas em livro. É evidente que o profissional do futuro, que é sensato em suas falas e atitudes e equilibrado em suas decisões tem mais chances de conseguir carisma e sucesso entre os colegas e os clientes do que aquele que insiste em seguir o caminho inverso. Mesmo sendo uma escolha óbvia, lamentavelmente encontramos pessoas que jogam pela janela a chance de fazer “algo mais” pela empresa, encarando o trabalho como um fardo e não como uma oportunidade. Você conhece alguém assim? Provavelmente você esteja meneando sua cabeça concordando comigo, não é mesmo? Mas fica a dica: a forma mais direta de impactar quem precisa rever conceitos é fazendo a diferença! Invista em sua carreira! 


So, what do you think ?