:::: MENU ::::

Totalmente “sem noção”

Por Diego Nascimento

Por diversas vezes escrevi em meus artigos que a conduta nas redes sociais pode trazer consequências sérias. Seja na vida ou no mercado de trabalho confirmo que determinadas postagens costumam manchar o seu currículo. Quero listar algumas das gafes de tirar o sono de qualquer pessoa:

1) Erros gramaticais: a Língua Portuguesa é um desafio e sei disso. Mas tem gente que lança no Facebook, Twitter, Instagram (e a lista continua…) palavras e frases totalmente erradas na concordância e na ortografia. Tenho que dizer que isso é muito triste;

2) “Uma imagem vale mais do que mil palavras”: em alguns casos isso funciona, mas é preciso ter o máximo de cuidado. Estamos na “era do visual”, mas isso não significa que você tem o direito de postar tudo o que registra pela frente. Sua privacidade está incluída nessa afirmação. Recentemente fiquei perplexo ao ver que um casal resolveu simular o “Jardim do Éden” e fizeram fotos de si mesmos, atrás de arbustos, brincando de Adão e Eva. Não preciso dizer que esse fato já é uma das pérolas do mundo digital;

3) Leia antes: o conteúdo de um simples bilhete que levava semanas ou até meses para chegar ao Japão, por exemplo, reduziu a viagem para apenas alguns segundos em escala mundial. Preste muita atenção ao que digitou/gravou. Depois que você apertar ou clicar no botão “Enviar”sua carreira pode estar em jogo em virtude de algo feito por impulso;

4) Gerencie seu tempo: o aparelho celular deixou de ser apenas uma ferramenta para fazer ligações ou trocar SMS. Por meio dele pagamos contas no aplicativo bancário, trabalhamos, observamos o trânsito, assistimos filme e por aí vai…. mas certas funções não exigem uma dedicação exclusiva que te faça ficar “pendurado” na timeline dos outros o dia inteiro. Conheço casos de pessoas que se enrolaram no atendimento a clientes ou atrasaram a preparação de relatórios pois se distraíram navegando nas redes sociais no horário de trabalho. Há o tempo certo para tudo!

5) Falta de prudência: expor tudo o que faz ao longo do dia não fará de você mais especial ou com o rótulo de “plugado na rede”. Nada contra os compartilhamentos, muitos são saudáveis, mas há situações que dizem respeito unicamente a você, sua família, seu casamento e que não necessitam de audiência.

Eu poderia ampliar a lista mas prefiro manter os cinco pontos. Computador é benção; internet também. Redes sociais fazem parte do meu cotidiano, aliás, são minhas ferramentas de trabalho. Seja feliz compartilhando momentos felizes. Seja reflexivo ao postar convites à reflexão. O problema maior não está na conexão a cabo ou wifi, no aparelho tablet ou laptop; o problema é quem está atrás da tela. Lamentavelmente, mesmo na era pós-moderna, encontramos muitas pessoas intransigentes e, como dizem por aí, “sem noção”. Fuja disso. Façamos a diferença, de uma maneira simples, em um mundo onde a aparente normalidade tem levado as pessoas à um ritmo de vida onde a felicidade momentânea acaba depois da ressaca de atitudes “sem pensar”.

Provérbios 21:23 diz o seguinte: “O que guarda a sua boca e a sua língua guarda a sua alma das angústias.” Pensemos nisso


So, what do you think ?