:::: MENU ::::

Deixa pra depois

Por Diego Nascimento

Tic Tac Tic Tac Tic Tac … é isso mesmo: o relógio está girando. Já faz anos que a humanidade está presa a dispositivos que marcam hora para tudo na vida. Podem ser de areia, sol, à corda, pilha, digital ou analógico. Não tem jeito: o tempo não para.

O que mais intriga é que vejo pessoas desperdiçando esse recurso precioso. Por falta de foco, determinação e boa vontade é natural que grandes oportunidades desapareçam em questão de segundos. Agora me responda: por que existem profissionais que insistem em “deixar para depois”? Afirmações do tipo são responsáveis por acúmulo de e-mails, papéis sobre a mesa, insatisfação de colegas de trabalho, perda de clientes, demora nas decisões, instabilidade emocional e até desemprego. Mas se engana quem acha que o “deixar para depois” atrapalha apenas a Carreira. Até questões pessoais exigem uma ATITUDE rápida, prudente e honesta. (Tenho certeza que acabou de lembrar de algo, não é mesmo?)

Confesso a quem está lendo AGORA esse texto que já deixei muita coisa para depois. Arrependi amargamente. Se tivéssemos a chance de converter a perda de tempo em rendimento na poupança creio que todas as pessoas, sem exceção, teriam um saldo positivo (risos…). Mas tenho uma boa notícia: somos humanos e nunca conseguiremos cronometrar, por mais regrados que sejamos, todas as nossas ações diárias. Jogar tempo fora em alguns casos, com prudência e limites, faz bem à saúde física e mental.

Encerro esse raciocínio com a seguinte dica: invista tempo no que é bom. Encare sua vida e trabalho com responsabilidade. O deixar para depois poderá resultar em consequências seríssimas e incuráveis. Recorro ao grande livro de Eclesiastes que, no capítulo 3, diz: Para tudo há uma ocasião, e um tempo para cada propósito debaixo do céu.”

Até a próxima.


Cadê o Plano B?

Por Diego Nascimento

Sou um grande admirador da informatização. Os computadores têm auxiliado a criação e o desenvolvimento de produtos e serviços. Concordo! Mas por outro lado todo esse maquinário pode trazer sérias consequências para uma pessoa muito importante: você! Entenda um dos motivos:

Meu amigo se hospedou em uma tradicional rede de hotel com várias unidades no Brasil. Durante o check out ele foi tranquilamente à recepção para efetuar o pagamento dias diárias. Chegando lá ouviu a seguinte afirmativa: “Senhor, será necessário que aguarde alguns instantes para fechar a conta. Nosso sistema está fora do ar”. Visivelmente espantado meu amigo solicitou um recibo manual o que foi negado pela atendente: “Lamento. Esse procedimento não faz parte de nossas regras”. Mais de 30 minutos depois, com um misto de surpresa e indignação, o sistema voltou a funcionar e ele conseguiu completar a missão.

Fiquei igual a você: perplexo quando ouvi esse relato. Sou cliente dessa rede hoteleira e felizmente não tive esse desencontro. De qualquer maneira tente se imaginar na situação: prestes a embarcar em algum táxi ou vôo o cliente é “forçado” a aguardar por tempo indeterminado pela falta de um simples Plano B.

Seja qual for sua área de atuação tente configurar uma rota alternativa caso os meios tradicionais tenham alguma pane. O exemplo do hotel pode se repetir em diversos segmentos. Evidente que alguns casos são insolúveis e exigem nossa compreensão. Mas garanto que grande parte dos transtornos poderia ser minimizada com o uso de um Plano B. Isso é sinônimo de criatividade e, sem sombra de dúvidas, a empresa será a grande beneficiada afinal, o cliente sairá feliz


Cinco formas para afastar as pessoas de você

Por Diego Nascimento

Desde a infância temos a percepção das pessoas que são simpáticas ou que preferem ser do grupo do “sai de perto”. Qualquer um dos lados influencia consideravelmente no trabalho de equipe. O diálogo e a simpatia são muito importantes quando queremos construir relacionamentos dentro e fora do mundo profissional. Pensando nisso registrarei cinco formas para afastar as pessoas do seu convívio:

  1. Seja individualista e autoritário: continue pensando que você se basta;
  2. Seja amigo da arrogância, afinal, jamais precisará de ajuda em projetos ou desafios;
  3. Não cumprimente ninguém: gentileza é para caretas;
  4. Auxilie apenas por conveniência: sinceridade é coisa do passado;
  5. Deposite sua confiança naquilo que você tem e não no que você é.

Essa lista é assustadora mas muito comum hoje em dia. Infelizmente você poderá se deparar com gente que se enquadra em todas essas dicas. Coisa triste. Mas a boa notícia é que há pessoas que passam longe disso e são fonte de inspiração. É tudo uma questão de escolha.

Encerro essa breve reflexão com a seguinte pergunta: você atrai ou afasta as pessoas? Recrutadores avaliam esse quesito com muito cuidado e pode ser decisivo em processos seletivos de promoção de cargo ou mesmo em sua permanência no emprego. Pense nisso!


30 anos em 10 dicas

Por Diego Nascimento

Nos próximos dias completarei 30 anos de vida. Tenho dedicado metade desse tempo à minha formação profissional por meio dos estudos e muito trabalho. Não me arrependo nem um pouco, pelo contrário, tenho muito o que agradecer. Criei no imaginário uma espécie de máquina do tempo e fiz uma rápida retrospectiva da última década. Quero compartilhar contigo algumas conclusões. São elas:

  1. Toda árvore começa com uma semente. A vida profissional também é assim;
  2. Olhar para trás pode ser benéfico, desde que seja para reflexões;
  3. Planejar ainda é item obrigatório para a realização dos sonhos;
  4. Soberba e orgulho são prejudiciais no mundo corporativo;
  5. Ler faz bem! Aperfeiçoe sua comunicação escrita e falada;
  6. Jamais contribua com o processo de extinção do respeito;
  7. Pontualidade pode salvar uma vida;
  8. Rotina incomoda e muito. Inove;
  9. Seja elegante por dentro e por fora;
  10. Estabeleça prazos. Há o tempo certo para tudo.

Muita gente pergunta sobre o que virá daqui pra frente. Prefiro deixar a ansiedade de lado e seguir sempre o alvo. Faz alguns anos que acordei numa manhã pensando em como poderia somar com a sociedade por meio da minha vivência. Surgiu o projeto Conduta Profissional e é por isso que está lendo esse texto agora. Um simples correio eletrônico resultou no www.diegonascimento.com.br , acessado por leitores na América, Europa, África, Ásia e Oceania e replicado em vários portais do universo corporativo.

É nesse ritmo que agradeço a chance de ganhar sua atenção, mesmo que de forma tão simples e rápida. Sinceramente espero fazer parte das dicas de qualificação que tanto defendo nos meus artigos.

Rumo ao futuro!


Um bom conselho para crescer na vida

Por Diego Nascimento

Já teve a chance de observar um pássaro trancado na gaiola? No começo ele se debate tentado sair mas, com o tempo, se acostuma e passa a ser dependente do tratador. Conheço gente assim. Mesmo com talento e ideias preferem ficar dentro de uma redoma invisível e se contentam com qualquer coisa. Que tal bater asas?

É importante sonhar. Pode ser que alguns projetos jamais se tornem realidade mas não se arrependa de não ter tentado. O mercado profissional é um palco para criação de oportunidades, desde que a honestidade faça parte do roteiro. Histórias de superação ocorrem a todo instante e podem estar mais próximas do que imagina.

Uma recente pesquisa veiculada na mídia internacional aponta que mais de 58 mil japoneses têm ou já ultrapassaram os 100 anos de vida. Muitos ainda continuam na ativa prestando serviços comunitários ou no mercado formal (alguns são empresários). Imagine quantas coisas já viram e ouviram.  

Crescer na vida envolve também o progresso profissional. Mas essa atitude vai além da quantidade de números no extrato bancário. Envolve o desejo de seguir em frente e de fazer com que cada dia seja um aprendizado. Recursos financeiros e materiais são uma consequência.

Pare de lamentar. Sua inquietação não vai ajudar em nada! Levante agora e faça algo de positivo por você e pelas pessoas ao seu redor. Sua carreira agradece. Termino o texto com uma interessante recomendação registrada por volta de três mil anos atrás: “Até os jovens se cansam e ficam exaustos, e os moços tropeçam e caem; mas os que esperam no Senhor renovam suas forças. Voam bem alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam. Isaías 40: 30 e 31- Bíblia Sagrada. 


Educação é bom e eu aprovo

Por Diego Nascimento

Deve estar pensando que fui desrespeitado por alguém, certo? Pelo contrário: a abordagem de hoje sugere uma análise sobre a importância da qualificação em diferentes épocas: infância, juventude e vida adulta.

Qual é a hora de parar? Nunca! Tenho o costume de dizer em palestras ou durante aulas na faculdade que educação é uma constante. Imagine a roda de uma bicicleta girando: é praticamente impossível encontrar início e fim. É desse jeito que precisamos enxergar a busca pelo conhecimento.

É possível que esteja lendo esse artigo por meio de um celular, tablet ou computador pessoal. Esses equipamentos são meios que podem facilitar e muito o acesso ao conhecimento. Os teóricos chamam de educação mediada por tecnologia. O acesso a artigos, livros e vídeos se tornou instantâneo e, na maioria dos casos, gratuito.

Conheço a história de uma educadora que dedicou metade de sua vida a ensinar e transmitir valores morais e éticos. Morreu aos 90 anos de vida sem fazer fortuna mas alcançou o maior dos tesouros: um legado educacional referência do Brasil e no exterior.

Quer concluir a educação básica? Iniciar a graduação? Escolher por aquele MBA, mestrado ou doutorado? Faça agora! O relógio está girando…


Iniciativa privada ou concurso público?

Por Diego Nascimento

Com frequência sou abordado por pessoas que perguntam se, na vida profissional, o melhor é a iniciativa privada ou o concurso público. Minha resposta é sempre a mesma: faça uma análise apurada sobre as potencialidades a curto, médio e longo prazo. Para determinados cargos a iniciativa privada apresenta uma ampla vantagem; para outros a carreira pública exibe um quadro de benefícios mais atrativo. Cada caso é um caso.

O fato é que precisa haver um equilíbrio entre as escolhas. Todo projeto exige um planejamento. Além da qualificação a atitude também fala alto. Mas todo sinal de dúvida merece um aconselhamento. Seja você calouro ou veterano no mercado de trabalho saiba que sua pergunta pode gerar uma grande ideia. Antes de investir tempo e recursos em viagens, inscrições, distribuição de currículos, concursos e afins, sugiro que procure orientações a respeito de sua nova empreitada profissional.

Seja como funcionário privado ou público lembre que ambas as áreas exigem pontualidade, pró-atividade, visão de futuro, empreendedorismo, simpatia, regras e foco. Valores de vida e atitudes positivas precedem os resultados financeiros. Admiro quem trabalha com dedicação e, ao mesmo tempo, pessoas que decidem repaginar a carreira, quando necessário.

Uma das famosas leis de Newton diz que “Toda ação gera uma reação.” Portanto, busque prudência e sabedoria ao tomar decisões que possam impactar sua carreira. Converse com as pessoas certas e faça do conhecimento um aliado para suas escolhas.


Diego Nascimento ministra palestra para educadores

A equipe de docentes da Escola Municipal Doutora Dâmina participou, no último dia 02 de fevereiro, de uma palestra sobre o papel da escola na formação humana. O evento, que oficializou a abertura do período letivo 2015, contou com a presença do jornalista e consultor Diego Nascimento. Lavras, 02/02/2015.

Damina 1


Nem mesmo o dilúvio

Por Diego Nascimento
Muita gente sabe que o Brasil está assustado em virtude da seca que assola diversos municípios da região sudeste, colocando em risco oatendimento a serviços básicos como lavar as louças ou tomar banho. Alguns especialistas atribuem a falta de água ao clima; outros concentram a culpa na falta de investimentos governamentais e o terceiro grupo defende a soma desses dois fatores.
Qual seria o resultado se decidíssemos comparar sua carreira profissional à uma represa? Ela estaria transbordando de qualidades, ânimo e profissionalismo ou estaria à míngua, em seus últimos suspiros pela sobrevivência, enfrentando uma seca sem comparações?
No caso da água, uma sequência de chuvas fortes resolveria parcialmente o problema (pelo menos é o que se espera). Na perspectiva do mercado de trabalho nem mesmo um dilúvio de boas intenções é capaz de resgatar uma pessoa que faz da sua carreira apenas uma obrigação diária.  É triste ver gente que pouco se importa com o bom gosto e que vê monotonia e pessimismo em tudo.
A boa Conduta Profissional vai além de cursos, boa vestimenta e do salário. A motivação jamais será encontrada em prateleiras de supermercado. Essa chama do desejo de ir além está dentro de você. Sim, concordo que algumas situações facilitam o encontro com esse sentimento tão buscado mundo afora mas, se o primeiro passo não for seu, esqueça!
Uma famosa frase atribuída ao cientista Isaac Newton diz que “O que sabemos é uma gota; o que ignoramos é um oceano.”
Dê valor em sua carreira! 

Verdade acima de tudo

Por Diego Nascimento

Tenho o hábito de dizer que profissionalismo deve existir dentro e fora da empresa. Já conheci casos em que pessoas fizeram uso de situações irreais para, por exemplo, justificarem a falta ao trabalho, atrasos ou o não cumprimento de tarefas.

É preciso ter atitude: faça o seu melhor onde estiver. Agora, se seu trabalho não resgata aquele sentimento de motivação dentro de você, sugiro que repense suas ações ou busque outra oportunidade. É deselegante assistir funcionários, seja qual for a empresa, transferir a insatisfação profissional por meio do atendimento ruim, desleixo, mau humor ou constantes faltas desnecessárias. Um bom gestor sabe como lidar com esses casos mas há limites! É melhor pautar pela verdade do que pela mentira.

Creio que você, que lê esse artigo agora, não se enquadre nesse perfil mas certamente conhece alguém. Que tal dialogar com essa pessoa? Fazer a sua parte? Cinco minutos de conversa podem resolver uma vida toda.

Entenda sua vida profissional como um histórico escolar: seus altos e baixos ficam detalhadamente registrados para todo o sempre. Não permita que manchas façam parte de sua jornada. Respeite sua empresa, seus colegas e seus clientes. Verdade acima de tudo! 


Páginas:1...78910111213...22