:::: MENU ::::

O segredo começa com R

Por Diego Nascimento

Fui convidado a falar sobre internacionalização para um grupo de formandos de uma tradicional universidade brasileira. Aceitei no ato. Jamais escondi minha satisfação em tratar desse tema; lido com esse trabalho todos os dias e acredito fortemente nos benefícios da globalização e do Inglês como segundo idioma. Confesso que tive boas memórias da faculdade quando ingressei na sala, fiz uso de uma das carteiras e fiquei sob os olhares atentos e curiosos daqueles futuros administradores.

O fato de eu também atuar como professor universitário permitiu uma participação extremamente harmoniosa no evento. Diferente de uma palestra onde há o momento de explanação e o período para esclarecimento de dúvidas, toda a minha fala foi conduzida por perguntas feitas pelos estudantes à medida que eu tratava dos benefícios e dos desafios de trabalhar internacionalmente.

A quarta questão veio de uma moça muito gentil. Com um sorriso no rosto ela perguntou qual era a principal dica para o sucesso das relações exteriores. Imediatamente eu disse que “O segredo começa com R.”. Seja qual for o idioma, geografia, sistema político e religião evidenciei que o RESPEITO não escolhe continente. A ausência desse atributo foi e continua sendo responsável por inúmeros transtornos ao redor do planeta. Deixei claro que essa atitude começa dentro de casa e reflete diretamente no cotidiano profissional. O RESPEITO se encaixa em toda e qualquer situação.

É possível que você esteja pensando: “Hoje o Diego está tratando de algo que não é novidade para ninguém.” Sim, se esse foi o seu raciocínio, parabéns! Está totalmente correto. Meu alerta não é sobre o significado dessa palavra, mas sobre a prática. Vivemos em uma sociedade onde ser educado é uma virtude. Isso não é normal. Educação é item básico e a partir do momento que é considerada um diferencial significa que algo está errado.

Após um bom momento relatando experiências sobre a internacionalização e o relacionamento com diferentes povos, enfatizei que o combate ao individualismo é um dos grandes desafios da atualidade. O pensar em si e esquecer-se do outro já explica o motivo de tantas empresas enfrentarem problemas internos e de alguns grupos ainda perderem oportunidades de intercâmbio cultural, empresarial e social. Após quase sessenta minutos com aqueles estudantes percebi que numa era em que a internet redefiniu o significado de distância, precisamos abrir os olhos para as atitudes que transformam.

Encerro pedindo que reflita comigo. O exercício do RESPEITO começa com aqueles que moram debaixo do mesmo teto que você, se expande para as relações de trabalho, estudos, fila do banco, da casa lotérica e até na igreja. Da próxima vez que alguém te perguntar se há um caminho para o sucesso diga que “O segredo começa com R.”.

 


So, what do you think ?