:::: MENU ::::

O mentor

Por Diego Nascimento

Depois que ler esse artigo peço que feche os olhos e faça uma retrospectiva de sua vida profissional. Você lembrará  de desafios, sacrifícios, sorrisos, cenários e de alguém que, de forma marcante, inspirou a sua carreira e que, compaciência e sabedoria, ensinou tudo ou quase tudo o que você sabe. Boas memórias não é mesmo? No mundo corporativo, essa pessoa recebe o nome de mentor.  Um líder do futuro transmite esse sentimento de inspiraçãopara sua equipe e sabe o momento certo de orientar, exortar, corrigir e delegar. É a pessoa que equilibra emoção e razão e, ao final de um dia agitado e repleto de reclamações, ainda consegue encontrar um motivo para agradecer e parabenizar uma ou mais pessoas pelo cumprimento da tarefa.  Não são apenas novatos em uma empresa que têm o seu mentor. Conheço casos de profissionais que descobriram essa importante figura depois de alguns “anos de estrada”. De acordo com Rodd Wagner & James K. Harter, no livro 12 Elementos da Gestão de Excelência, “Mentores pacientes e acessíveis podem trazer à realidade objetivos aparentemente impossíveis e dar aos seus aconselhados uma injeção de ânimo”.  Agora pense comigo: você não precisa ocupar um alto cargo na hierarquia para ser um mentor. Faça a diferença onde quer que você esteja, seja qual for sua ocupação e idade. Da mesma forma que alguém estendeu a mão para você, repita esse ato. Dê um bom exemplo e, se necessário, use palavras!


So, what do you think ?