:::: MENU ::::

Gestão do medo

Por Diego Nascimento

Certa vez tive a chance de visitar um estabelecimento comercial e, em virtude do atendimento exemplar, passei a indicar o serviço a amigos e familiares. Ao longo dos meses percebi que alguns dos colaboradores não faziam mais parte da equipe e, para minha surpresa, tive a chance de encontrá-los na empresa concorrente. Aquele cenário causou curiosidade e resolvi perguntar o motivo daquela “migração profissional”. A resposta foi única: medo e desrespeito.

De acordo com os ex-funcionários o proprietário da empresa orientava a equipe por meio do constrangimento em frente a colegas e clientes, ao ponto de abalar a saúde emocional do trabalhador. Desde então essa aparente ferramenta de controle tem causado uma rotatividade constante naquele estabelecimento.

Histórias desse tipo são muito comuns, infelizmente. Confesso que sou contra as atitudes que envolvam intimidação aos colegas de trabalho.  Acredito na Comunicação sadia e harmoniosa como ferramenta para solução de intrigas e para uma gestão de processos com qualidade e bom senso, mesmo que alguns casos exijam umamedida mais drástica (demissão).

Vamos concentrar esforços por um cotidiano profissional harmonioso. Soberba e arrogância são desnecessárias no mercado de trabalho. Compartilhe essa ideia.


So, what do you think ?