:::: MENU ::::

Como identificar um mentiroso

Por Diego Nascimento

Verdades e mentiras passam pela vida de todas as pessoas. Seja no trabalho, em relacionamentos, em processos de compra e venda ou num simples elogio podemos dar as mãos à sinceridade ou ser alvo de situações muito tristes. Quero dizer que algumas atitudes simples podem salvar a sua pele (risos…).

Sou fã da Comunicação e não escondo isso de ninguém. Muito cedo iniciei meus estudos e observações sobre as mensagens transmitidas pela linguagem corporal. Descobri que podemos identificar pessoas mentirosas por meio do olhar, tom de voz, gestos e na maneira como apresentam informações durante um diálogo.

Algumas empresas têm treinado profissionais, principalmente no setor de recrutamento, para uma análise mais profunda sobre um candidato a determinado cargo. Na sua mais recente publicação lançada pela Cultrix, o Dr. David Craig, especialista internacional em técnicas de detecção de mentiras, diz que “o objetivo das mentiras em benefício próprio é favorecer ou proteger a pessoa que conta a mentira. ” Ele divide esse ato em quatro motivações: 1) evitar constrangimento, 2) causar boa impressão, 3) obter vantagem e 4) evitar o sentimento de culpa.

Conheço gente que foge da verdade para justificar um erro no trabalho. Já vi pessoas contarem mentiras em busca de um prazer momentâneo. Outras omitem uma situação na tentativa de resolver um problema que mais cedo ou mais tarde poderá se tornar uma tempestade. Nenhuma dessas situações pode deixar alguém com a consciência tranquila. 

Certa vez fui informado de uma pessoa que estava muito doente e sem condições de ir ao trabalho. Sou consciente da importância da saúde, ofereci ajuda e ainda desejei melhoras. Para minha surpresa, naquele mesmo dia, vi o indivíduo passeando pela cidade, feliz da vida, e aparentemente com uma saúde de ferro. Complicado não é mesmo?

Dr. Craig reforça que “Quando alguém diz uma mentira e é questionado mais a fundo, normalmente precisa inventar um número cada vez maior de mentiras para reforçar as anteriores. Isso aumenta a carga emocional e, consequentemente, o número de sinais exteriores de mentira. ”

Se você iniciou a leitura desse artigo pensando que eu descreveria o “segredo” lamento dizer que se enganou. Para desenvolver essa habilidade é necessário muito treinamento, estudo e observação. Seria um risco muito grande listar alguns itens como se fossem parte de uma receita de bolo.

Termino dizendo o seguinte: no trabalho sempre paute pela veracidade, sinceridade e pontualidade. Nas outras áreas sugiro que junte tudo isso e coloque no “pacote da prudência”. Confiança é difícil de ganhar e fácil de perder. Sua vida é muito valiosa; não tem preço!


So, what do you think ?