:::: MENU ::::

Atendimento é coisa séria

Por Diego Nascimento

Já faz alguns dias que precisei passar pela farmácia para comprar um medicamento de uso rotineiro. Entreguei o receituário médico para a atendente que, em segundos, buscou a caixa de remédios para concluir a venda. Momentos antes de caminhar até ao caixa percebi algo: o medicamento estava errado. Na verdade, recebi comprimidos para tratar hipertensão arterial (meus exames jamais apontaram esse diagnóstico). Imediatamente sinalizei o equívoco e a farmacêutica responsável pediu desculpas. A justificativa apresentada foi a similaridade das caixas de remédio. O constrangimento foi inevitável. Imaginem os efeitos colaterais de um potencial uso do remédio. Complicado, não é mesmo? Eventos desse tipo se repetem em diferentes segmentos do mercado de trabalho. Nosso conjunto de ações pode ser resumido em uma única palavra: exemplo! É fundamental que suas atitudes profissionais sejam também refletidas por meio do comprometimento. Agora pensem: e se a atendente fosse candidata à uma vaga de emprego onde a concentração fosse requisito básico? E se eu estivesse na banca examinadora? Certamente minhas ponderações seriam registradas no histórico da moça. Atendimento é coisa séria. Seu cliente hoje pode ser seu empregador amanhã. Em seu livro O Gerente Comunicador, o Jornalista José Eustáquio Oliveira de Souza destaca:“O exemplo é a principal forma de comunicação não-verbal. Muitas vezes não o levamos em conta porque é um tema estudado pela Psicologia (teoria do comportamento) e pela Pedagogia.” Que estejamos atentos aos pequenos detalhes em nosso cotidiano, seja qual for nossa profissão. A colheita de bons frutos tem início com uma boa semeadura!


So, what do you think ?